Conheça os nossos projetos nas redes sociais.

  • YouTube

 

"Na juventude, não devemos hesitar em filosofar; na velhice, não devemos deixar de filosofar. Nunca é cedo nem tarde demais para cuidar da própria alma."  Epicuro

 

 

É possível filosofar na infância? Qual seria a vantagem de se refletir criticamente com crianças e/ou adolescentes? Quais linguagens as crianças utilizam ou estão familiarizadas? E os adolescentes, quais seriam as suas principais questões? São todos iguais?
Estas e outras questões surgem quando pensamos na relação entre filosofia, infância e juventude, pois apesar de cada criança ou adolescente serem únicos, essa é uma fase delicada de nossas vidas, que merece atenção, pois podem acarretar consequências para toda a vida. Por isso, deve-se ter cuidado com o desenvolvimento de crianças e adolescentes já que tudo o que acontece ao seu redor e consequentemente, aquilo que aprendem com familiares, instituições, mídias etc. Terão impacto  na sua formação, história e aprendizagem. O filosofar na infância é muito importante para a construção da autonomia, do autoconhecimento e do exercício do diálogo, contribuindo para a formação de sujeitos críticos, independentes e capazes de lutar por seus direitos.
Com o objetivo de ampliar os espaços para se filosofar, para além da sala de aula, criei em 2019 o canal Liga dos filósofos no Youtube e Instagram, ambos visam discutir temas e conceitos presentes na filosofia a partir de desenhos e personagens dos quadrinhos famosos entre crianças e adolescentes, tais como: Homem aranha, Tio patinhas, Naruto, Batman e muitos outros. Desta forma, provoca-se a reflexão sobre o autoconhecimento, a realidade, os relacionamentos, as formas de convivência etc. De maneira lúdica e fácil, que reúne a linguagem midiática, seus recursos, junto com  teorias e reflexões advindas dos pensadores presentes na história da filosofia. Desta forma, a liga dos filósofos pretende aproximar dois grandes universos, sendo eles: A filosofia e os quadrinhos, tendo por finalidade provocar novas leituras, reflexões e discussões, considerando aquilo que crianças e jovens gostam de acompanhar e se divertir no seu dia a dia.

 

 

"Quando o homem compreende a sua realidade, pode levantar hipóteses sobre o desafio dessa realidade e procurar soluções. Assim, pode transformá-la e o seu trabalho pode criar um mundo próprio, seu Eu e as suas circunstâncias". Paulo Freire

Meu pequeno filósofo

Imagine que um pequeno filósofo vivesse dentro da cabeça de um professor e que o provocasse a refletir sobre diversas questões da realidade,.Foi assim que surgiu o personagem "pequeno filósofo", um pensador em miniatura feito em estilo cartum, com lápis de cor, giz de cera e canetinhas coloridas no papel sulfite. Apesar da simplicidade do traço, o pequeno filósofo, em pouco tempo, já cativou um grande número de seguidores no instagram, propiciando diversas discussões e reflexões sobre temas presentes na filosofia, despertando o interesse, inclusive, de muitos internautas para a filosofia.

"Quando a gente olha para uma foto ou desenho realista de um rosto, a gente observa o rosto de outra pessoa. Contudo, quando se entra no mundo do Cartum, o que se  é a si mesmo". Scott McCloud.  

cc81b56f-75b2-4355-9371-a340134b2a57.jpg
13e83583-5c87-49af-ba21-7997c29da292.jpg